Qual o benefício de andarmos descalços?

A ligação á Terra é praticada desde a pré-história e é imprescindível para a nossa saúde. A Terra emite uma vibração poderosa que nos cura o corpo, a mente e a alma.

Podemos facilmente estabelecer essa ligação pelos nosso pés para aumentar a vibração corporal, melhorar a eficiência do sistema imunológico, circulatório e até linfático. Uma vibração que nutre, limpa e protege.

O criador dos nossos pés foi tão perfeito, que podemos entrar em contacto com a Terra no ponto anatómico exacto que aciona a cura. Este ponto está localizado no meio da planta dos nossos pés, conhecido na acupuntura como o Rim1.

Quando andamos descalços pressionamos este ponto, activando o merediano que sobe pela perna e chega ao céu da boca, passando pelas costas, pelos rins e pelo pescoço. Isto permite-nos aumentar o fluxo de eletrões curativos por quase todo o corpo. A Terra é capaz de nos fortalecer em eletrões em quantidades infinitas.

Esta ligação permite-nos ainda desbloquear os nossos centros energéticos e proteger o corpo das radiações sem fios.

Há estudos pioneiros na Universidade da Califórnia, que evidenciam também os benefícios da ligação á Terra com o humor.

O que vos recomendo para estabelecerem esta ligação com a Terra?

1.Andarem descalços na natureza, seja no jardim de casa, na relva ou até na praia. O ideal seria pelo menos uma vez por dia.

2.Tocar ou até mesmo abraçar as árvores.

3.Na praia, em dias de maré baixa, enterrem os calcanhares na areia até á altura dos tornozelos e balancem os braços para a frente e para trás. Este exercício, estimula o fluxo da linfa para que seja activado um processo de desintoxicação do corpo. De seguida ainda a balançar os braços ajoelhem-se e sinta o movimento da maré para que ela extraia todas as energias tóxicas do corpo.

 

 

 

 

Nova Coleção Paris

As novas palmilhas da Coleção Paris para mulheres:

  • apaixonadas
  • sensoriais
  • sofisticadas
  • elegantes
  • glamourosas

Trazem consigo um novo design, pensadas para oferecer um maior conforto aos pés das mulheres apaixonadas por saltos altos.

Escolhi o vermelho arrojado com um toque luxuoso, suave e aveludado para se sentirem ainda mais especiais. Contudo, não me fiquei apenas pelo vermelho, há mais cores disponíveis.

 

” O micróbio não é nada, o terreno é tudo “

O hospedeiro apenas se aloja no organismo quando o meio reunir todas as condições favoráveis ao seu crescimento, o que quer dizer que vocês só ficam doentes se o vosso meio (sistema imunitário/saúde) assim o permitir.

Béchamp, o grande defensor da teoria celular em que prioriza mais o meio (sistema imunitário/saúde) que propriamente o agente agressor, pensa-se ter dado força ao insight de Louis Pasteur pouco tempo antes da sua morte “ O micróbio não é nada, o terreno é tudo” que resume numa frase o que acabei de escrever acima.

Aliás, esta seria uma frase brilhante para um mantra televisivo, acredito que em muito pouco tempo teríamos pessoas mais saudáveis e lúcidas essencialmente se fosse em horário nobre, momento em que as nossas ondas cerebrais estão mais susceptíveis a gravar tudo o que nos dizem.

Infelizmente observo e constato tantas e tantas medidas que vão a favor de um sistema imunitário cada vez mais enfraquecido, tudo focado no agente e zero no meio.

Se os agentes fossem verdadeiramente a única causa de tudo acontecer já estaríamos todos num outro plano.

Serei sempre a favor de Criar Saúde, de ensinar e relembrar ás pessoas que elas próprias têm esse poder dentro delas, não serei a favor de uma sociedade doente desprovida da sua própria verdade, autoridade e liberdade.

Agentes microbianos sempre existiram e vão continuar a existir, este não será o último.

A solução, está no meio a partir de dentro e não fora. Não foi por acaso que mudei todo o meu modo de actuar na Podologia e na Saúde, de onde nasceu meu método Criar Saúde.

Não tenho o poder de mudar o mundo mas posso contribuir a cada dia, para a criação de um nova saúde com cada pessoa que se cruza comigo.

Se cada um fizer a sua parte acreditem que estamos realmente a Criar um Novo Mundo!

Com Amor e Luz ♥️

O que é a Alma?

Pelo menos um Corpo Físico, creio que não há dúvidas que o temos e que existe. Faz parte do palpável, do concreto e tangível.

Fomos treinados para a visão do concreto, do óbvio e palpável e com o tempo fomos nos desligando dos corpos subtis, aqueles sem tempo e sem forma. Aqueles que não são palpáveis, que não lhes sentimos o toque, o cheiro nem muito menos lhes podemos tirar as medidas.

O Corpo Mental, com ligação á mente, á lógica, pensamentos e raciocínio. De todos que vou mencionar a seguir, talvez este seja o de mais fácil compreensão e aceitação da sua existência, por estar ligado á lógica, á razão, ao raciocínio ao pensamento. Cada vez mais se fala em abrandar o fluxo de pensamentos,  uma mente limpa é um corpo são.

Já o Corpo Emocional, é o corpo ligado ás nossas emoções a tudo que sentimos a partir de dentro de nós. Muitas pessoas têm consciência plena desta ligação e envolvimento mas as pessoas mais ligadas ao corpo mental, criam mais resistência ligarem-se ás emoções, assumem que quem manda aqui é a mente e ponto.

Avançando no mais subtil temos o Corpo Energético, e de mais difícil compreensão e aceitação para a mente.

Reparem só que á medida que vamos aumentando a subtileza das coisas mais difícil se torna a compreensão, entendimento ou aceitação de quem está mais ligado ao corpo mental. Aqui, o ego mete sempre o dedo, quer certezas, provas visíveis e palpáveis fazendo cair por terra todo o mundo da subtileza, do não concreto, do intangível, não palpável mas sentido. Quando falo de corpo energético estou a falar de meridianos trabalhados na acupuntura ou dos chakras, os centros energéticos do nosso corpo.

Por último e creio que o menos compreendido e aceite, na sua maioria é o Corpo Espiritual. Aqui, falo do nosso espírito, da Alma.

E o que é a Alma? A resposta é muito simples, é aquilo que Anima o nosso corpo físico e palpável mesmo quando estamos inconscientes. É incrível por exemplo como culturalmente o nosso Fado nos liga tanto á Alma e separamo-nos dela na Saúde.

A maior parte dos sintomas não têm a sua causa no corpo físico, o que vemos e sentimos no físico é apenas o resultado, o efeito da causa que teve a sua origem em fluxos subtis. Se queremos realmente Criar Saúde e não doença, não podemos dissociar estes corpos, é preciso deixar de olhar para as pessoas como se fossem apenas um corpo físico, desprovidas de pensamentos, emoções, energia, de uma Alma e que trazem consigo uma história de vida. É tão necessário e diria até urgente, criar uma nova saúde com uma visão macro ligada a um todo.

E se a postura exterior fosse um reflexo da postura interior?

Hoje ligou-me a Rita, precisava da minha ajuda, num problema que a sua filha Bia de 6 anos tem, ao nível da postura corporal.

Ao telefone dizia-me: “tudo piorou desde que ficamos em casa de quarentena, acho que é das posições erradas que ela tem, as queixas dela das costas aumentaram. Estou a ligar-lhe para ver se me consegue fazer umas palmilhas, para melhorar a postura dela. Estou cansada de lhe dizer para colocar aquelas costas direitas, mas sabe como são as crianças, não ligam nenhuma ao que os pais dizem…”

Mal vi a Bia, era nítida a tensão enorme que ia dentro daquele pequeno coração. Era como se senti-se ao longo de muito tempo, o peso do mundo sobre as suas costas. Com a quarentena tudo piorou, o mundo acabara de ruir sobre as suas costas, era peso a mais para aquele pequeno esqueleto suportar.

De nada serve dizer á criança para colocar as costas direitas, nem muito menos, colocar umas palmilhas quando o corpo se revela como um tsunami. Foi preciso eu trabalhar a um outro nível, com outra consciência e libertar aquele pequeno coração. As crianças têm esta função incrível e extraordinária, de trazerem para a luz aquilo que os adultos,  tentam a todo o custo manter nas profundezas da sombra.

Não será na sombra que está a mudança?

Já todos sabemos, que este ser microscópico (vírus) fez parar o mundo. Obrigou-nos a recolher em quarentena para confrontarmos as nossas vidas, o nosso lar, sobretudo a sombra que há dentro dele. Considero uma oportunidade de ouro, para resolvermos tudo que temos para resolver, para comunicar o que é necessário comunicar, para prestarmos atenção àquilo que antes não tínhamos tempo, para amar, para criar, restruturar, largar ou para reanimar. Vivíamos numa distração louca, mergulhados num ruído externo e numa cegueira total.

A frase de Antoine de Saint-Exupéry “O essencial é invisível aos olhos” é mágica. Para muitos de nós o invisível não existe,  eu penso que é exactamente, o que é invisível aos olhos que é real.

Dois mitos e duas verdades sobre os glúteos

Além de outros grupos musculares, os glúteos são músculos bastante importantes na nossa postura corporal e estão localizados nas nádegas. Partilho convosco dois mitos e duas verdades sobre os glúteos.

1.Trabalhar glúteos não é para homens.

Mito, apesar de cada vez mais se associar os glúteos á componente estética feminina, eles têm uma função importante na postura corporal seja em homens ou mulheres.

2. Os glúteos não são importantes para os atletas de running.

Mito. Estes músculos desempenham uma função importante na estabilização da anca e joelho, irá comprometer outras estruturas ao negligenciar o trabalho deste grupo muscular.

4. Os glúteos têm uma forte relação com a coluna lombar.

Verdade. É comum a presença de hiperlordose e dor associada á hipotonia do glúteo maior.

5. As palmilhas posturais personalizadas contribuem de forma positiva para os desequilíbrios dos glúteos.

Verdade, as palmilhas posturais personalizadas, são uma das ferramentas que utilizo para os problemas dos glúteos, assim como, para outros desequilíbrios da postura corporal.

1 2 3 9