Quatro coisas que precisam de saber antes de comprarem sandálias

Quem não gosta de usar sandálias no Verão? Eu não uso calçado fechado, adoro caminhar com os pés livres, frescos, bonitos e sedosos no verão. Mas os nossos pés, merecem também sandálias bonitas. Estas que tenho nas mãos são da Aquazurra, conheci-as na minha última viagem ao Dubai, fazem parte da nova coleção, adoro a combinação destes brilhantes com a cor Pink.

Há sandálias lindas de morrer é um facto, mas nem sempre são as melhores amigas dos nossos pés. Na hora da escolha é preciso conhecermos os pontos frágeis dos nossos pés.

De forma geral, há 4 coisas que precisam de saber e ter em atenção.

A primeira, é a escolha correcta do tamanho, no verão vejo muitas mulheres a caminharem de sandálias com os dedos ou com o calcanhar fora da base de apoio da sandália. O pé deve ficar na sua totalidade dentro da base de apoio da sandália, se por algum motivo isso não acontecer podemos estar perante duas situações: o tamanho não é o correcto ou o modelo não é o indicado para os seus pés.

A segunda característica a não facilitar, são as tiras das sandálias. As tiras mais finas, podem se tornar mais elegantes em alguns tipos de pés, mas são na sua maioria as mais prejudiciais. Desaconselho o uso de tiras finas ou cruzadas sobre proeminências ósseas, como é o caso por exemplo, do joanete  (localizado no 1 dedo), no joanete de sastre (localizado no 5 dedo) ou sobre as deformações dorsais dos dedos, calos ou calosidades. Também por questões circulatórias, não podem fazer o efeito de garrote ao pé. O mesmo vale para aplicações como brilhantes ou fivelas.

Em terceiro lugar, há que ter em atenção que, se a sandália não tiver qualquer tipo de sistema de ajuste ao pé, ao caminhar irá fazer um esforço muito maior para segurar as sandálias no pés. Quanto mais altas forem as sandálias maior será o esforço do pé e trabalho muscular. Se têm esse tipo de sandálias como são o exemplo dos chinelos ou mules, não façam km com elas, usem-nas em situações pontuais de curta distância.

A última dica e de extrema importância, é referente á hora do dia em que compram as sandálias. No verão os pés tendem a dilatar com o calor. Devem fazer as vossas compras neste momento, em que os pés têm um maior volume para que a escolha seja a mais adequada e não corram o risco de mais tarde não as conseguirem calçar.

No caso de dúvidas, podem sempre entrar em contacto comigo, terei todo o prazer em vos orientar nas escolhas mais bonitas e adequadas para os vossos pés.

 

Foto: @aquazurra

O que nunca te disseram sobre a saúde!

Ao longo dos anos tenho observado e constatado, que existem grandes crenças relativamente á saúde.

Mais de 90% dos pacientes, acreditam que a sua saúde depende exclusivamente de factores externos. Estão convictos, que a saúde deles depende por completo de nós profissionais de saúde ou, de encontrarem um comprimido milagroso, de factores exclusivamente genéticos ou ainda, da idade cronológica.

Estas são algumas das frases que vou ouvindo constantemente: “A partir dos 40 anos tudo aparece, é normal…; o meu pai ou mãe, tem este problema de saúde eu também vou ter ou já tenho, sou como eles; o meu filho sai ao pai não há nada a fazer, faz parte da vida…”

Expressam estas crenças tão fortes e enraizadas, como se de uma sentença se tratasse, não deixando margem para uma solução, para um crescimento interior ou para escutarem o próprio corpo. Ideias que vão passando com os anos de geração em geração. Não têm consciência deste mundo que vão criando para a sua saúde e para as suas vidas. Na verdade, têm nos vindo a meter estas coisas na cabeça ao longo dos anos a todos nós, fazendo-nos acreditar que não temos qualquer tipo de habilidade de resposta perante a nossa saúde.

Eu própria, em tempos vivi segunda essas ideias, até ao dia em que de diversas formas me foi provado o contrário. Hoje, sei que a minha saúde depende sobretudo de mim própria, da forma como vivo a minha vida, entre outras coisas que abordarei mais á frente. O normal é termos saúde e não doença. Temos toda a responsabilidade sobre a nossa saúde, temos mais poder de nós próprios em criar a nossa saúde, que aquilo que imaginamos ou nos fazem crer.

O meu maior propósito como profissional de saúde, não é tratar sintomas, não é estar focada em números mas sim, em vidas humanas indo de encontra á origem do verdadeiro problema e inspirando os meus pacientes num despertar interior, no poder que eles próprios têm sobre a sua própria saúde. Há resultados incríveis, com muito mais significado e que acrescentam valor, em todas as áreas da vida de cada um deles.

Foto de @paulo.castro.photography

Fique em casa de Chinelos

Nesta de fase de pandemia de Convid-19, como medida preventiva, os sapatos de rua não entram em casa e os chinelos de casa não andam na rua.

Pessoalmente adquiri este hábito há anos, não ando com os meus sapatos de rua dentro de casa por questões de higiene, conforto, saúde para os  meus pés e também pela higiene do meu gato.

Os sapatos andam por todo o lado, pisam tudo e mais alguma coisa, já pensou a quantidade de microorganismo que transporta para dentro de casa com os sapatos? Fica tudo contaminado, chão, carpetes, tapetes, animais de estimação, crianças a brincar no chão a levarem  as mãos á boca, etc…

Esta é uma fase que convida a novos hábitos, este é um deles. Se por acaso ainda não o adoptou é uma boa altura para o implementar. Use apenas um par de sapatos para ir á rua e deixe-os fora de casa, se tocar com as suas mãos nos sapatos proceda de seguida aos cuidados de higiene.

Com Amor e Luz!

Palmilhas Personalizadas Extrafinas

As novas palmilhas extrafinas são totalmente Handmade, pensadas, desenhadas, confeccionadas para o seu problema e/ou modalidade desportiva e estado emocional. Oferecem o apoio e correção perfeito ao seu pé, além da função fundamental de reprogramarem toda a sua postura corporal.

PORQUE ESCOLHER ESTAS NOVAS PALMILHAS?

* Ajustam-se perfeitamente ao seu calçado sem ter que mudar de número e facilmente troca de uns sapatos para outros.
* Reprogramam a sua postura corporal diminuindo e eliminando dores de costas, joelhos, anca, tendinites, esporões, fasceítes, pernas de diferentes tamanhos, entre muitos outros casos.
* Evitam a colocação de próteses de anca ou joelho no futuro pois permitem um alinhamento correto do seu corpo.
* Totalmente personalizadas ao seu problema e a cada pé, direito e esquerdo.
* Materiais de excelente qualidade o que lhes confere uma longa durabilidade.
* Indicadas para crianças, adultos, desportistas, diabéticos

 

Escolher os Sapatos para o Casamento

Para mim falar de sapatos é um verdadeiro universo que me fascina, é o meu mundo. Se me colocarem um par de sapatos nas mãos conseguem ter uma longa conversa comigo sobre estas obras de arte (risos). São vários os detalhes de que vos posso falar e cada noiva terá necessidades particulares, mas vou mencionar alguns dos quais não podem deixar de ter a vossa atenção.

Deixo-vos o link onde podem ler a minha entrevista completa para o Simplesmente Branco, com os meus conselhos não só para a escolha dos sapatos mas para aprenderem a cuidar dos vossos pés antes e após o casamento:

https://simplesmentebranco.com/2018/03/05/wise-words-escolher-os-sapatos-para-o-casamento/