Sinais de COVID-19 nos Pés

Ontem estive em contacto com colegas espanhóis e um italiano da área da Podologia, onde discutimos os possíveis sinais de problemas podológicos, associados a pessoas infectadas com COVID-19.

Foram recolhidos registos de pequenas lesões dérmicas de acro-isquémia, nos pés de crianças e jovens, associadas ao COVID-19. O primeiro caso clínico foi reportado por um dermatologista em Itália, num menino de 13 anos de idade.

Embora as crianças e adolescentes tenham boa saúde, as lesões dérmicas afetam principalmente os pés e por vezes as mãos. As zonas típicas mais afectadas são os dedos dos pés e mãos, mas podem também afectar a região plantar. As lesões apresentam-se, com uma cor púrpura avermelhada ou azulada podendo evoluir para bolhas ou crostas, acompanhadas de dor.

Considerando a situação de emergência que se está a viver em Itália, há dados clínicos que não foram possíveis de serem avaliados de forma mais precisa, contudo, neste estudo referem que se mais observações e dados laboratoriais, confirmarem que estamos diante de um sinal clínico de COVID-19, estas lesões dérmicas poderão ser úteis como um sinal dermatológico para identificar crianças e adolescentes com formas mínimas de infecção, mas fontes potenciais de infecção adicional.

Embora a faixa etária de incidência do COVID-19, seja maior em adultos é necessário estarmos atentos aos mais jovens pois não podem ser excluídos.

 

****

 

Fonte  de Imagem e Referências: Mazzotta F., Troccoli T. Dermatologia Pediatrica, Bari. Agradeciemnto aos colegas do Fórum “Amici DermPed” que primeiro relataram as manifestações cutâneas.

 

Fique em casa de Chinelos

Nesta de fase de pandemia de Convid-19, como medida preventiva, os sapatos de rua não entram em casa e os chinelos de casa não andam na rua.

Pessoalmente adquiri este hábito há anos, não ando com os meus sapatos de rua dentro de casa por questões de higiene, conforto, saúde para os  meus pés e também pela higiene do meu gato.

Os sapatos andam por todo o lado, pisam tudo e mais alguma coisa, já pensou a quantidade de microorganismo que transporta para dentro de casa com os sapatos? Fica tudo contaminado, chão, carpetes, tapetes, animais de estimação, crianças a brincar no chão a levarem  as mãos á boca, etc…

Esta é uma fase que convida a novos hábitos, este é um deles. Se por acaso ainda não o adoptou é uma boa altura para o implementar. Use apenas um par de sapatos para ir á rua e deixe-os fora de casa, se tocar com as suas mãos nos sapatos proceda de seguida aos cuidados de higiene.

Com Amor e Luz!